PrivacyTools - LGPD - Linkedin
Categorias
Blog

Banco RCI Brasil faz a Gestão de Consentimentos do Open Banking com PrivacyTools

O Open Banking ou Sistema Financeiro Aberto é uma iniciativa do Banco Central do Brasil que tem como principais objetivos trazer inovação ao sistema financeiro, promover a concorrência, e melhorar a oferta de produtos e serviços financeiros para o consumidor.

 

Em maio de 2021 o Banco Central anunciou que o atual modelo de negócio do Open Banking deve ser substituído pelo Open Finance – que nada mais é do que uma expansão do modelo original. Com o Open Finance, mais instituições farão parte desse sistema, e não só bancos e fintechs. A ideia é que sejam incluídas empresas como corretoras, companhias de câmbio, fundos de previdência, entre outros.

 

Toda a comunicação bancária entre as instituições financeiras e o Banco Central está amparada por fortes protocolos de segurança, não-repúdio e auditoria, garantindo assim um compartilhamento de dados com confiabilidade do consumidor.

 

Mas e a LGPD? 

 

 

Não basta compartilhar dados livremente e não observar a LGPD. O consentimento é uma das dez hipóteses de tratamento que a lei de proteção de dados nos brinda para ajudar no embasamento legal de uma determinada finalidade ou propósito de uma operação de tratamento de dados. E é justamente o consentimento o elemento basilar por trás do Open Finance!

 

O titular de dados, ou o cliente da instituição financeira neste caso, passa a ter maior comando sobre como, quando, onde e porque cada instituição usa os dados pessoais relacionados a ele. 

 

Plataforma de LGPD e Open Banking

 

No Banco RCI Brasil a implementação foi possível graças ao uso de um sistema de CMP (Consent Management Plataform) da Privacy Tools. A empresa brasileira que desenvolveu uma plataforma de privacidade com foco na LGPD possui um produto para acelerar a implementação de projetos nas instituições financeiras. 

 

O produto atua com uma interface segura de gestão de autorizações com controle de consentimento da LGPD e sincronismo com os serviços do Banco Central e será o ponto principal deste projeto democrático e de referência internacional.

“A plataforma de privacidade da Privacy Tools acelerou a entrega das fases do projeto de gestão de consentimento do Open Finance. Se adequar as novas iniciativas e marcos do Banco Central Brasil é um importante aspecto do nosso setor, mas temos que nos preocupar com a privacidade e proteção de dados pessoais dos nossos clientes, garantindo a autodeterminação informativa, sendo a LGPD o nosso maior parâmetro neste caso. Economia compartilhada é o futuro e em breve muitos segmentos vão neste mesmo caminho de facilitar o compartilhamento e portabilidade deste importante ativo para as empresas: gestão dos dados pessoais e transacionais de nossos clientes.”, afirma Murilo Bruno, Diretor de Riscos e Serviços.

 

O RCI Bank and Services é o braço financeiro da aliança Renault-Nissan-Mitsubishi no mundo e está presente em 36 países. 

 

O Banco RCI Brasil, filial brasileira, tem como principal papel atuar junto às marcas Renault e Nissan e suas redes de concessionárias com a oferta de produtos financeiros competitivos e atrativos que se adaptem aos perfis mais exigentes, com o máximo de agilidade e eficiência. As empresas do grupo iniciaram suas atividades operacionais em 2000 e ocupam a liderança entre os bancos que financiam os veículos Renault e Nissan zero quilômetro no Brasil. 

 

Sobre a Privacy Tools

 

A PrivacyTools é uma PrivacyTech, ou seja, uma startup do ramo de privacidade, acelerada pela Obr.global e é uma das pioneiras no Brasil na oferta de soluções para LGPD.

 

A empresa visa transformar a forma como as empresas protegem e gerenciam a privacidade dos dados pessoais e conta com clientes como Rede D’or, Banco RCI Brasil, Pague Menos, Farmácias São João, Petros, Dafiti, Synnex Corporation, entre outros.  

 

A gestão de consentimentos na plataforma da Privacy Tools possui um módulo especial para Open Banking o que ajuda as instituições financeiras nesta jornada de LGPD e de transformação digital com o Open Banking.

 

Sobre os fundadores:

Aline Deparis: CEO da Privacy Tools, analista de Sistemas por formação e somando mais de 17 anos de experiência no setor de TI. Foi presidente da Assespro-RS (2019/2020) e do CETI-RS (Conselho das Entidades de TI do RS) e é atual membro do Conselho Fiscal do iColab.

 

Marison Souza: COO da Privacy Tools, arquiteto de softwares com vasta experiência em projetos de alta complexidade, segurança e inovação, tendo sido responsável por projetos importantes em empresas e órgãos como TSE, Grupo RBS, TCU, entre outros. Possui conhecimento em tecnologias OpenSource, atuando no mercado de desenvolvimento, pesquisa, criação e arquitetura de sistemas há 17 anos.